Crianças, voltei!!!

Bem, quero em primeiro lugar me desculpar pelo atraso do artigo. Eu prometi que todo sábado colocaria algo novo no blog e realmente tenho essa intenção, mas não contava que ficaria doente e sem poder escrever. Eu sei, não devia ter deixado para escrever na última hora, mas… tarde demais. A verdade é que preciso me organizar melhor. A semana que passou foi muito difícil para mim. Quem tem um contato mais próximo comigo sabe que tenho problemas respiratórios e que de vez em quando – principalmente quando o tempo muda abruptamente – eu passo mal. Pois é, passei muito mal e fiquei de cama. Ainda não me recuperei completamente e por isso vou postar algo bem breve. Os remédios tem uns efeitos colaterais irritantes, tipo, eles me dão taquicardia e assim fica bem difícil de escrever. Mas tenho pensado muito em vocês e estou sentindo muita falta das nossas conversas, tanto no MSN e no Orkut. Ó, que falta vocês fazem. É horrível ficar isolada e sem poder escrever.

 Outra confissão que tenho que fazer é que não sei para onde ir com a minha história. Tá tudo parado, a história tá horrível e a minha vontade é de desistir e apagar tudo! É claro que não vou fazer isso, mas que dá vontade… Como estamos nesse barco juntos, vocês vão ter que me aturar e passar essa fase negra comigo. Preciso de descobrir porquê não consigo ir pra frente, o que está faltando? Vou fazer um apanhado do que aprendi até agora. Quem sabe isso ajuda?

Bem, vamos lá. Eu desenvolvi uma ideia para a história e a sintetizei em uma frase com 15 palavras. Depois eu fiz o mesmo para os personagens. Percebi que vou precisar de seis personagens – pelo menos no que diz respeito aos personagens principais. Fiz uma série de exercícios para descobrir mais sobre cada um deles, para fazê-los ganhar vida em minha mente. Eu queria ouvir as vozes na minha cabeça. Queria que fossem reais. Depois dessa fase descobri que não sabia o que fazer com todo o material criado. Tive um bloqueio sinistro, mas garimpando a internet descobri sobre a Estrutura dos Três Atos. Isso me ajudou a delimitar o desenvolvimento da história, os estágios fundamentais que precisaria passar. Eu fiz isso para ideia principal, mas não parei por aí, eu voltei aos personagens e fiz o mesmo para cada um deles. Eu tenho três histórias dentro desse livro, a principal e outras duas secundárias. A principal é a da garota atormentada por espíritos. Outra é um romance entre a melhor amiga da protagonista e um dos vilões e a terceira história é de um homem que está do “lado do mal” e quer se livrar, mas não consegue. Todas essas linhas de história se conectam umas com as outras que acabam por se unir no final.

Eu acho que sei o que está errado. Eu achava que estava pronta para escrever as cenas e tudo mais, só que minha história ainda está quebrada. Ainda tenho buracos na trama que preciso de resolver. É por isso que não consigo ir pra frente. Se eu não sei o que vai acontecer, como posso querer escrever? Eu acho que é isso que tá acontecendo. Ufa! Que loucura. Vou tentar isso pra ver se funciona.

Até Sábado.

2 pensamentos sobre “Crianças, voltei!!!

  1. Oi, nossa que barra. Espero que melhore logo viu 😉
    E também boa sorte com a história. Eu entendo isso, é péssimo quando achamos que a história está horrível e a vontade é deletar tudo. Mas não se preocupe, logo entra uma ideia boa.
    Beijo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s