Que frio!

Aqui tá frio e eu não estou com a minima vontade de escrever. Não tem nada de bom pra assistir na tevê. Gente, é só comigo ou vcs também ficam um pouco deprimidos no frio? Tava lendo um artigo em outro blog que me deixou chateada. O autor do post relata como conseguiu a façanha de escrever um livro de 200 páginas em um mês. Vocês entenderam isso direito, eu disse DUZENTAS PAGINAS!!! Gente, parece que tudo é tão facil. Eu não entendo porque não consigo fazer isso. Tenho tudo na cabeça, planejado. E tenho tempo pra isso. O cara do post que li não tinha o tempo que eu tenho. Mas ele conseguiu e eu não. Ele escreveu 50 mil palavras em um mês. Eu já não sei o que fazer. Talvez eu pense demais. Talvez eu deva deixar a coisa fluir. Talvez seja o frio. Será que sou uma pessoa tão controladora assim? Mas o cara também me pareceu bem parecido comigo, ou pior. Ele fez tabelas e um monte de outras coisas que jamais passaram na minha cabeça. Tô estressada! É muito fácil falar, mas na hora de colocar em prática…

Você pode encontrar o post original na integra no seguinte endereço: http://blog.marcelotoledo.org/2009/12/01/escrevendo-um-livro-de-200-paginas-em-30-dias/

6 pensamentos sobre “Que frio!

  1. Olá!
    Não fique chateada. Pode ser só um maior costume com o ofício.

    Mas tipo, lembra da minha baguncinha que te enviei? Pois. Eu morro de pensar,
    arquitetar acontecimentos, datas, crio idiomas, povos e o que for. Só gosto de sentar
    pra escrever quando tá tudo muito claro na minha mente, mesmo que eu sente e saia tudo diferente do que eu planejei. Mas eu sento e escrevo… e escrevo… e não paro ou bloqueio… apenas vou escrevendo. Tudo mais que for acontecer, edição, cortes e etc acontecem DEPOIS de ter escrito. O que vc recebeu e ficou assustada com o caos é uma parte da obra mas ainda matéria bruta. Nada lapidada. Eu levei bem mais de 1 mês, mas estou perto de 60mil palavras.
    Então eu acho que é não se preocupar nem com o português, nem com regras, nada… escreva, como vier.

    E eu te JURO que deprimente é o calor. Ele me deprime, me inutiliza, me irrita, é um inferno. Eu nem consigo pensar.

    No frio eu posso sempre colocar mais uma peça de roupa em cima. No calor chega um momento que não posso arrancar a pele.

  2. Um bom livro se escreve varias vezes. No primeiro momento voce precisa de volume, deixe as ideias fluirem e a imaginacao voar. Nao se preocupe com a qualidade, voce tera que revisar cada uma das paginas muitas vezes. Tenho certeza que voce vai conseguir. Estarei na torcida! Boa sorte e muita inspiracao!!!

  3. Renato e Marcelo,

    O que seria de mim sem gente como vcs pra me motivar? Ainda assim, tem horas que tudo o que quero é jogar a porcaria do rascunho janela abaixo. Rsrsrs. Continuem torcendo, ainda chego lá.

    Bjus da Barts.

  4. Isso também acontece comigo , eu tenho td na mente e tinha bastante tempo e nem conseguia colocar.
    Eu escrevi 300 paginas (folha de caderno) mas em 6 meses, e nem adianta pq a história ainda nao chegou nem nos 20% o.O

    O que você podia tentar e descansar mais( se por acaso vc dorme pouco tentar dormir mais)Eu acho que o que me atrapalha e trocar o dia pela noite as vezes, acho q cansa a mente.

    Concordo com o garoto que falou que pior é o calor, hahaha
    Não jogue os rascunhos pela janela, como irei ler depois? XD
    Se jogar não te coloco nos agradecimentos do meu livro hein ,hueheueh

    Bjus e desejo-lhe inspirações
    ^^

    • Ei Gabriel;

      Mas eu adoro trocar o dia pela noite!!! Eu não sei de nem um blogueiro sequer que não faça isso. Blogar de dia não tem nem graça. rsrsrs.

      Bjus da Barts

  5. Oi, nossa, isso é chato, mas se você persistir passa. Bom, eu não sou tão organizada assim não. Penso mais-ou-menos num esqueleto e me ponho a escrever. Durante a escrita vou acrescentando e organizando detalhes. Sem falar na revisão, nela é que eu realmente mexo, remexo e penso um pouco mais… heheheh
    Tem dias que não me vem nada, então eu começo a ir insistindo e logo estou animada. Sobre o horário, acho que cada um tem o seu. Eu me sinto mais inspirada a noite, porém, tem dias que minhas manhãs são bem mais aproveitadas. Mas depende, pouco a pouco eu vou procurando me entender e me organizar em minha própria mente, para depois colocar no papel. Tem ideias que eu deixo rolando algum tempo na minha cabeça e quando ela adquire uma forma mais sólida eu começo a escrevê-la.
    Boa sorte para você. Pare e pense se é isso que você realmente gosta. Se for, não desista, sempre se encontra obstáculos, atravessá-los é uma opção nossa! 😉
    Beijos. Tudo de bom!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s