Procrastinação

Eu preciso muito muito de falar sobre procrastinar. Para quem não sabe procrastinar é ficar adiando alguma coisa, no meu caso escrever. Eu disse que ia voltar com o blog, mas não consigo, é hoje, é amanhã, todo dia “acontece” alguma coisa e eu adio o post que estava planejando. Ai percebi que não é só em relação ao blog que isso vem ocorrendo, mas também com o livro que não acabo nunca e também com as tirinhas que sempre deixo pra amanhã pra postar e como minha avó diz “o amanhã é eterno”. Então decidi escrever sobre esse mal que não só me pegou de jeito, mas também acomete vários escritores como pude constatar vasculhando a web. Achei um texto muito bom com umas dicas que a gente tem mesmo que internalizar se quiser chegar a algum lugar. o que mais me chamou atenção – acho que é porquê a carapuça serviu – foi assumir responsabilidade pelo meu sucesso (ou fracasso), ou seja, ser proativo. eu preciso assumir o controle da minha vida profissional – de escritora. Não sei exatamente como vou fazer isso. De tudo o que estou lendo a conclusão que chego é que a gente tem que ser muito regrado mesmo. Ter metas, trabalhar diligentemente, TODOS os dias escrevendo uma determinada quantidade de palavras (e não sair da cadeira enquanto não terminar a cota). Meu amigo Renato Gondim conseguiu isso com um coach. Ele já terminou o livro dele e o meu tá inacabado. E ele já tem editora interessada em publicar. A essa altura talvez já esteja até tudo acertado com alguma editora, tem tempo que não converso com ele sobre isso. Enfim, essa é a diferença de alguém dedicado e regrado pra alguém que adora procrastinar – no caso EU! No site ficção em tópicos achei esse link pra consultoria também:  http://ficcao.emtopicos.com/landing/desenvolver-uma-ideia/  e nem é muito caro. Acho que é uma boa ideia pra quem tá com 21.138 palavras de pura embolação e não sabe pra onde ir. Bem, quem não quer pagar e tem alguma noção de inglês tem a página do Randy Ingermanson que ensina o método do Snowflake que mostra o step-by-step de como elaborar uma história. O que vou fazer é o seguinte: vou reler o meu manuscrito e com o método do Randy vou organizar a história, daí acho que vou ter algo mais coerente então vou procurar a consultoria. Vou fazer assim porquê o que essa consultoria do link que coloquei ai faz basicamente a mesma coisa que o método Snowflake. Se não conseguir fazer sozinha nas próximas semanas eu desisto e pago a consultoria. Afinal tem anos que estou emperrada nessa coisa. Esse livro tem que sair! Gente, não sei quantos de vocês estão na mesma situação que eu, mas não desistam, a gente ainda escreve um livro! Bjus Barts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s